0

Por Ronaldo Brasiliense

Laudo mostra que somente um dos quatro respiradores mecânicos doados pelo governador Helder Barbalho para a Prefeitura de Juruti, no oeste do Pará, está funcionando corretamente.

Outros três são imprestáveis para o combate ao Covid 19.

O técnico que elaborou o laudo sobre os respiradores foi enviado pela própria Secretaria de Estado de Saúde do Pará (SESPA) e, segundo o vereador Edinho Almeida, de Juruti, o mesmo veio trazendo equipamentos extras – como peças de reposição – mas, mesmo assim, os respiradores entregues como novos pelo governador do Pará não funcionaram e não vão servir para absolutamente nada.

Ou melhor, serviram para fazer o técnico enviado pela SESPA perder o vôo de retorno, pois o mesmo se esforçou o que pode para tentar livrar Helder Barbalho de mais um vexame.

Ronaldo Brasiliense
Ronaldo Brasiliense é o repórter mais premiado da Amazônia nos últimos trinta anos. Conquistou os maiores prêmios da imprensa brasileira em uma carreira marcada por reportagens denunciando a corrupção, a malversação do dinheiro público, em defesa da democracia, dos direitos humanos, da preservação do meio ambiente e da cultura dos povos da floresta. Atualmente, Ronaldo Brasiliense é presidente da Academia Artística e Literária de Óbidos (AALO) e da Associação Cultural Obidense (ACOB), que administra o Museu Integrado de Óbidos e promove anualmente o Festival do Jaraqui, além de executar obras com o apoio da sociedade civil obidense e do poder público municipal, como a atual revitalização do histórico Forte Pauxis, marco de fundação da cidade de Óbidos.

Helder em campanha: Escárnio com o povo

Anterior

Gestão de hospitais, um novo escândalo à vista.

Seguinte

Pode ser do seu interesse

Comentário

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de Pará