0

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta terça-feira, 5, mandados de busca e apreensão em endereços de empresários e supostos laranjas ligados a alta cúpula do MDB. Segundo informação do portal O Globo, estão na mira da PF pelo menos seis senadores e ex-senadores do partido, entre eles Jader Barbalho, pai do governador do Pará, Helder Barbalho, também do MDB.

Além de Jader, seriam alvos centrais da investigação o ex-presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), o senador Eduardo Braga (AM), o ex-senador Vital do Rêgo (PB), ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), órgão responsável por zelar pelas contas públicas.

Os políticos também foram intimados a prestar depoimentos.

As investigações tiveram origem na delação de executivos da J&F, controladora da JBS. Os senadores teriam recebido recursos da empresa durante a campanha de 2014. Os pedidos de busca foram feitos pela Procuradoria-Geral da República e autorizados pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou que polícia e Ministério Público mantenham a operação em sigilo.

Os senadores e ex-senadores foram alvos de intimação. Já Renan Calheiros deveria depor ainda hoje, mas como está em Alagoas pediu, por intermédio do advogado, para prestar esclarecimentos em outra data ainda não definida.

A operação repercutiu na imprensa nacional. Veja matéria do Jornal Hoje:

Com informações de O Globo

O decreto ‘me engana que eu gosto’ de Helder Barbalho

Anterior

Erro de projeto coloca estrutura de Belo Monte em risco

Seguinte

Pode ser do seu interesse

Comentário

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *