0

No último domingo (16), ao encerrar a carreata do candidato ao governo do estado Márcio Miranda (DEM), o governador Simão Jatene discursou e criticou a sede de poder da família Barbalho, que tem vários candidatos concorrendo nesse pleito. Confira a transcrição e o vídeo:

“Flexa precisa do apoio de cada um e de todos. Na verdade, o Flexa não só ajudou a construir, como evitou que o time de lá atrapalhasse mais do que já atrapalham, porque eles atrapalham muito.

Eles têm dito que eu estou apoiando o Márcio por fome de poder. Parece brincadeira isso, né? Esse agora é o discurso deles. Todos lembram que nós podíamos ter sido candidato na época que o governador Almir Gabriel saiu candidato e não o fomos. Agora mesmo nós poderíamos ter saído candidato, por que não saímos? Porque entendemos que nesse momento todos nós temos que colocar qualquer questão pessoal nossa subordinada ao interesse maior, que é a defesa do estado.

Não somos nós que o pai é candidato, o filho é candidato, a mãe é candidata, o primo é candidato, a namorada é candidata, o aderente é candidato, o parente é candidato… Não somos nós.

E já inventaram uma coisa que ao invés de engrandecer deveria entristecer: “kit Barbalho” [veja aqui Elcione falando sobre o tal “kit”]. Imagine o que é isso. Isso é um desrespeito com a nossa gente, é um desrespeito ao nosso estado.”

Ibope: lições da história

Anterior

Helder Barbalho falta com a verdade em sua inserção

Seguinte

Pode ser do seu interesse

Comentário

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *