0

O senador Jader Barbalho apresentou um Projeto de Emenda Constitucional (PEC) que acaba com as isenções do ICMS nas exportações.

Na prática, a PEC do velho Barbalho sepulta a famigerada Lei Kandir, de 1996. Nestes 23 anos de vigência da Lei Kandir, o Pará deixou de arrecadar R$ 40 bilhões, dinheiro que poderia ter financiado escolas em tempo integral, hospitais e postos de saúde, asfaltamento de estradas e saneamento básico, além de vultosos investimentos em segurança pública.

Jader Barbalho esperou 23 anos até sua família voltar ao poder com o filho Hélder, para enfim descobrir que a Lei Kandir sempre foi prejudicial ao Estado do Pará.

Jader é o retrato vivo do que denominamos politicalha.

Enfim, a velha política.

Ronaldo Brasiliense
Ronaldo Brasiliense é o repórter mais premiado da Amazônia nos últimos trinta anos. Conquistou os maiores prêmios da imprensa brasileira em uma carreira marcada por reportagens denunciando a corrupção, a malversação do dinheiro público, em defesa da democracia, dos direitos humanos, da preservação do meio ambiente e da cultura dos povos da floresta. Atualmente, Ronaldo Brasiliense é presidente da Academia Artística e Literária de Óbidos (AALO) e da Associação Cultural Obidense (ACOB), que administra o Museu Integrado de Óbidos e promove anualmente o Festival do Jaraqui, além de executar obras com o apoio da sociedade civil obidense e do poder público municipal, como a atual revitalização do histórico Forte Pauxis, marco de fundação da cidade de Óbidos.

Pará ficará sem ferrovias

Anterior

Número de policiais assassinados no Pará se iguala ao do Rio

Seguinte

Pode ser do seu interesse

Comentário

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de Pará