0

As fakes news não param na reta final da eleição paraense.

A última diz respeito a uma suposta impugnação da pesquisa DOXA divulgada na madrugada deste sábado, 27, sob número de registro no TRE/PA 03131/2018.

De fato, a coligação do candidato Helder Barbalho entrou com um mandado de segurança, tentando proibir a divulgação dos dados do único instituto que acertou os números do primeiro turno das eleições paraense, contrariando Ibope e Real Time Big Data, que apostavam no fim da eleição no primeiro turno.

Leia mais: Márcio Miranda vira e passa Helder Barbalho na última pesquisa DOXA

Ao contrário do que diz a fake news espalhada, inclusive pelo Diário do Pará, a Juíza Auxiliar Lucyana Said Daibes Pereira decidiu indeferir o pedido, com a extinção do processo, por averiguar que “verifica-se sem fundamento jurídico” e “ausência de direito líquido”.

Veja a decisão completa

Helder Barbalho é condenado a retirar cartazes sob multa de R$ 500 mil

Anterior

Márcio Miranda vira e passa Helder Barbalho na última pesquisa DOXA

Seguinte

Pode ser do seu interesse

Comentário

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *