0

Opinião

O governador Hélder Barbalho (MDB) mostrou neste episódio em que recomendou ao prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho (PSDB), que decretasse situação de emergência na questão da coleta do lixo na capital que está exagerando na sua política do “quanto pior, melhor” no que se refere à administração de Zenaldo.

Os veículos de comunicação da família do governador – principalmente o jornal Diário do Pará e a Rede Brasil Amazônia (RBA) – atacaram sem qualquer escrúpulo o decreto de emergência do prefeito como sinal de incompetência de sua gestão, sem destacar que foi o próprio Helder o mentor da decretação da emergência não só em Belém, mas também em Ananindeua e Marituba, municípios da região metropolitana, que também sofrem com o problema de coleta do lixo.

Se o prefeito Zenaldo Coutinho não viesse em público anunciar que a ideia da situação de emergência partiu do próprio Helder, o que foi omitido pelo jornal dos Barbalho, ninguém ficaria sabendo.

É o vale-tudo da política eleitoral, com os Barbalhos de olho na conquista da Prefeitura de Belém em 2020, o que não ocorre desde o Século XX.

Ronaldo Brasiliense
Ronaldo Brasiliense é o repórter mais premiado da Amazônia nos últimos trinta anos. Conquistou os maiores prêmios da imprensa brasileira em uma carreira marcada por reportagens denunciando a corrupção, a malversação do dinheiro público, em defesa da democracia, dos direitos humanos, da preservação do meio ambiente e da cultura dos povos da floresta. Atualmente, Ronaldo Brasiliense é presidente da Academia Artística e Literária de Óbidos (AALO) e da Associação Cultural Obidense (ACOB), que administra o Museu Integrado de Óbidos e promove anualmente o Festival do Jaraqui, além de executar obras com o apoio da sociedade civil obidense e do poder público municipal, como a atual revitalização do histórico Forte Pauxis, marco de fundação da cidade de Óbidos.

Privatizar terras na Amazônia dará prejuízo

Anterior

SINTEPP repudia Helder por não cumprir promessas

Seguinte

Pode ser do seu interesse

Comentário

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de Belém