2

Com a pandemia, as compras emergenciais com dispensa de licitação de equipamentos, gêneros alimentícios, álcool em gel, locação de ambulâncias e outros serviços, deram origem a um festival de irregularidades no Estado do Pará.
Houve inúmeros episódios de compras superfaturadas, entrega de produtos com defeitos e fornecedores descumprindo contratos. Um episódio que não chamou muito atenção mais foi uma verdadeira “OBRA DE ARTE”, foi o contrato de locação de Helicópteros da Empresa HELISUL. VAMOS POR PARTES.
I – PARTE
O contrato por si só já demonstra a fraude e o abuso da inteligência de qualquer cidadão comum, VEJA o extrato do CONTRATO extraído do DIÁRIO OFICIAL DO PARÁ N° 34.235, de 28 de maio de 2020:
O primeiro ponto a Observar é a Vigência do Contrato, período de 13/04/2020 a 09/10/20, publicado no Diário Oficial 45 (quarenta e cinco) dias após o início da vigência, quando publicaram o contrato a empresa já tinha a receber do Estado, Mais de 4 milhões de reais.
RESUMO DO CONTRATO MUNICÍPIO Hora/VOO S/ EQUIPE Hora/VOO C/EQUIPE ESTIMATIVA VALORES (R$) BELÉM 13.400,00 – 100 HORAS 1.340.000,00 SANTARÉM – 17.100,00 80 HORAS 1.368.000,00
COMPARAÇÃO: COM EQUIPE ……….17.100,00 SEM EQUIPE ………. 13.400,00 DIFERENÇA: 3.700,00
1) A EMPRESA gasta com a EQUIPE MÉDICA DE SANTARÉM (80 X 3.700 = 296.000,00) , veja o
valor que acrescenta no contrato, Duzentos e noventa e seis mil reais, por mês.
No período de 6 meses será: (6 x 296.00,00 = 1.776.000,00), Hum milhão setecentos e setenta e seis mil reais. Levando em Consideração que voaria o tempo mínimo de 80 horas.
2) COMO É COMPOSTA A EQUIPE DE SAÚDE? QUAL REGIME DE TRABALHO? E QUANTO GANHA
NA HELISUL CADA PROFISSIONAL:
A) A EQUIPE é formada por uma dupla : 01 Médico e 01 Enfermeiro; B) São Duas duplas de revezamento, cada uma trabalha 15 dias, seguidos.
OBS: – As Equipes só trabalham durante o dia, O TIPO DE AERONAVE NÃO FAZ DESLOCAMENTO NOTURNO, aqui na Amazônia; – Não trabalham com carteira assinada.
C) REMUNERAÇÃO:
– MÉDICO: R$ 1.000,00 DIA, OU SEJA 15.000,00 PELA QUINZENA . – ENFERMEIRO: R$ 600,00 DIÁRIA OU SEJA R$ 9.000,00
3) GASTO COM PESSOAL DA EQUIPE MÉDICA
EQUIPE 01: 24.000,00 EQUIPE 02: 24.000,00
TOTAL …… 48.000,00 /MÊS
Obs: – DE ENCARGOS SOCIAIS……………………… Não Tem – ALIMENTAÇÃO E HOSPEDAGEM ………… Por Conta dos contratados
TOTAL DAS DESPESAS DA HELISUL COM PESSOAL DE SAÚDE………..R$ 48.000,00 /MÊS
4) DIFERENÇA ENTRE OS GASTOS COM EQUIPE DE SAÚDE E LUCRO DA EMPRESA
AUMENTO DO CONTRATO COM EQUIPE ……………. 296.000,00 GASTOS COM EQUIPE ………………………………………. 48.000,00
TOTAL DO LUCRO DA HELISUL 248.000,00
(DUZENTOS E QUARENTA E OITO MIL REAIS POR MÊS)
Como o Contrato é de 06 meses, se a aeronave voar somente o mínimo previsto de 80 horas, o lucro da Helisul será de:
TOTAL: 6 x 248.000,00 = 1.488.000.00 (HUM MILHÃO QUATROCENTOS E OITENTA E OITO MIL REAIS). – ESTE LUCRO É SOMENTE EM CIMA DA EQUIPE DE SAÚDE.
PARTE II
2. QUAL A DIFERENÇA DAS AERONAVES ABAIXO?
AEROMÉDICO TAILÂNDIA AEROMÉDICO SANTARÉM
a. Um adesivo, é a mesma AERONAVE, prefixo PT-HLL. b. Valores de locação:
LOCAÇÃO HORA/VOO (R$) 100 HRS DIFERENÇA (R% Mun. Tailândia 7.900,00 7.900.000,00 Gov. Estado 13.340,00 13.340.000,00 544.000,00
OBS: (1) O Contrato de Tailândia era de 30 horas mensal, mínimo.
(2) Tailândia não tem Hangar , nem local para abastecimento, diferente de Belém e Santarém;
(3) A única Diferença é que no contrato de Belém ou Santarém a Empresa fornece os insumos da aeronave ( luvas, avental e oxigênio) que poderá chegar a um acréscimo de R$ 40.00,00/Mês – 100 horas.
(4) O MMPA ingressou com ação de Improbidade Administrativa, o contrato chegou a ser suspenso, porém continuou e terminou em dez 2019.
PARTE III – VALORES DO CONTRATO DE SEIS MESES
RESUMO DO CONTRATO MUNICÍPIO QUANT MENSAL 06 MESES BELÉM 02 2.680.000,00 16.008.000,00 SANTARÉM 01 1.368.000,00 8.208.000,00 TOTAL 24. 208.00,00
VINTE E QUATRO MILHÕES DUZENTOS E OITO MIL REAIS.
E QUANTO CUSTA estas aeronaves/ a prefixo PT-JLL, ficou em Tailândia de Maio de 2017 a dezembro de 2019, no mínimo tem 4 anos de uso.
Em tempo: Termo aditivo publicado na mesma página, no mesmo DOE, na mesma Data.

Ronaldo Brasiliense
Ronaldo Brasiliense é o repórter mais premiado da Amazônia nos últimos trinta anos. Conquistou os maiores prêmios da imprensa brasileira em uma carreira marcada por reportagens denunciando a corrupção, a malversação do dinheiro público, em defesa da democracia, dos direitos humanos, da preservação do meio ambiente e da cultura dos povos da floresta. Atualmente, Ronaldo Brasiliense é presidente da Academia Artística e Literária de Óbidos (AALO) e da Associação Cultural Obidense (ACOB), que administra o Museu Integrado de Óbidos e promove anualmente o Festival do Jaraqui, além de executar obras com o apoio da sociedade civil obidense e do poder público municipal, como a atual revitalização do histórico Forte Pauxis, marco de fundação da cidade de Óbidos.

A prioridade de Helder

Anterior

Intimidação violenta

Seguinte

Pode ser do seu interesse

2 comments

  1. Estamos é fumados com esses nossos políticos dupla de pilantras o ex governador Jatene e o atual Hélder .

  2. Eu lamento muito,Mais o povo paraense ainda não aprendeu a votar.
    Escolheram um bom da CORRUPÇÃO.
    ESSE GOVERNADOR SAFADO LADRÃO

    Eu não votei nesse VERME NOJENTO.

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de Corrupção