0

“O futuro do Brasil está em nossas mãos”. O jargão popular que aparece em períodos eleitorais para reforçar a importância de os cidadãos exercerem o direito de votar nas eleições gerais ganhou ainda mais significado às vésperas do pleito de 2018.

O site Reclame Aqui, que foi criado para reunir – e tentar solucionar – reclamações dos consumidores contra lojas, órgãos públicos e empresas de todas as áreas, agora resolveu dar uma mãozinha para tentar ajudar o cidadão a escolher bem seus governantes nestas eleições.

O Detector de Corrupção é um aplicativo lançado pelo site e que está disponível para download em aparelhos com sistema Android ou IOS.

Por meio do aplicativo, o usuário poderá descobrir se o político no qual tem a intenção de votar está com problemas ou pendências judiciais. Desta forma, se resolver manter a escolha, mesmo em caso de ‘ficha suja’, ao menos terá ciência da opção que fez.

Como funciona o app

O Detector de Corrupção funciona de maneira bem simples: basta apontar a câmera do celular (ou do tablet) para o rosto do político quando ele aparecer, ao vivo (na TV), ou em fotos de sites, jornais e revistas.

O aplicativo dispõe, rapidamente, após utilizar um software de reconhecimento facial, todas as informações dos inquéritos oficialmente instaurados contra a figura pública em diversas instâncias da Justiça – STF (Supremo Tribunal Federal), STJ (Superior Tribunal de Justiça), TJs Estaduais (Tribunais de Justiça) e TRFs (Tribunais Regionais Federais).

O banco de dados do Detector de Corrupção conta com informações de governadores, vice-governadores e deputados federais eleitos a partir de 2014, além de senadores eleitos desde 2010, presidentes e vice-presidentes que estejam vivos, candidatos à Presidência e aos governos estaduais listados pelo Datafolha e pelo Ibope.

Cor da Corrupção

Outra ferramenta lançada pelo Reclame Aqui, mas como extensão para navegadores, foi chamada de Cor da Corrupção.

A ferramenta, segundo a descrição do site, destaca, em qualquer página da internet, os nomes dos políticos que tiverem pendências judiciais.

“Basta navegar normalmente que, sempre que o nome de um político condenado, processado ou investigado aparecer, o plugin grifa de roxo. Depois, é só passar o nome por cima do mouse para conferir a ficha judicial do político” (foto abaixo).

A foto acima, que mostra Jader Barbalho, é um exemplo de como a ferramenta funciona.

As ferramentas estão aí para o eleitor que quiser tirar as últimas dúvidas antes de exercer a cidadania nas urnas.

Teste com candidatos ao governo do Pará

Testamos o aplicativo com os dois candidatos que concorrem no segundo turno das eleições paraenses ao cargo de governador do Pará. COnfira o resultado:

Com informações do HuffPost
Ronaldo Brasiliense
Ronaldo Brasiliense é o repórter mais premiado da Amazônia nos últimos trinta anos. Conquistou os maiores prêmios da imprensa brasileira em uma carreira marcada por reportagens denunciando a corrupção, a malversação do dinheiro público, em defesa da democracia, dos direitos humanos, da preservação do meio ambiente e da cultura dos povos da floresta. Atualmente, Ronaldo Brasiliense é presidente da Academia Artística e Literária de Óbidos (AALO) e da Associação Cultural Obidense (ACOB), que administra o Museu Integrado de Óbidos e promove anualmente o Festival do Jaraqui, além de executar obras com o apoio da sociedade civil obidense e do poder público municipal, como a atual revitalização do histórico Forte Pauxis, marco de fundação da cidade de Óbidos.

Márcio Miranda pediu em 05/09 expulsão do traficante Gordo do Aurá de partido; veja documento

Anterior

Um ponto percentual separa Márcio Miranda de Helder Barbalho, revela pesquisa Doxa

Seguinte

Pode ser do seu interesse

Comentário

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *